segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Profissão - Boa linguagem corporal ajuda a obter sucesso profissional


Facilidade de comunicação. Quantas vezes você encontrou essa frase em enunciado de uma vaga de emprego? Para muitos profissionais, basta ser simpático e saber se expressar bem. Mas o poder da comunicação vai muito além desses dois quesitos. O corpo inteiro, incluindo movimento dos braços e mãos, olhos e inclinação do corpo podem facilitar ou atrapalhar as relações com o chefe, colegas de trabalho e negociações.
É importante que o profissional tenha em mente que todos somos vendedores. Vendemos a própria imagem, uma ideia, um projeto, um serviço ou um produto. E a linguagem corporal é forte aliada para o sucesso das "vendas".
Claro que formação profissional, competências, nível hierárquico, qualidade dos argumentos, entre tantos outros fatores, têm tanta ou mais importância do que a linguagem corporal, mas saber tirar proveito desse quesito só contribui para o sucesso profissional.
Outra ajuda importante é a própria convicção do que se pretende vender. "Você precisa acreditar nas suas palavras", escreve Paulo Sérgio de Camargo em seu livro "Linguagem Corporal" (Editora Summus). ). "Se não for assim, você, inconscientemente, vai refletir essa descrença no seu corpo e não irá convencer ninguém de nada", afirma.


COMO O CORPO SE COMUNICA
Fala
Falar muito devagar ou rápido demais, muito alto ou muito baixo ou, ainda, não pronunciar as palavras com clareza. Tudo isso pode prejudicar a comunicação e não passar a credibilidade desejada. Manter um ritmo cadenciado, fazer as pausas necessárias indicadas, na escrita, por vírgulas e ponto final, em um volume agradável, são essenciais para a boa comunicação.
Olhar
Quer desarmar seu interlocutor e, ao mesmo tempo, demonstrar interesse e afetividade? Mantenha seu olhar fixo na região da testa dele, mas intercale com um olhar mais afetivo, dividindo a visão entre os olhos e a boca. Use expressões para demonstrar suas reações ao que ele fala, como arregalar os olhos ou erguer as sobrancelhas, por exemplo. Essa é, segundo especialistas, a melhor forma para transmitir seriedade, profissionalismo e interesse pelo que está sendo exposto.
Sorriso O sorriso é
um instrumento poderoso no processo de persuasão. Transmite tranquilidade e, consequentemente, credibilidade. É como se o interlocutor soubesse que a pessoa que sorri está tranquila porque não tem nada a esconder e tem convicção sobre o que fala. Sorria sem exageros, claro.
Gesto do abraço
Mostrar a palma das mãos enquanto fala, envia a mensagem de que você está desarmado. Uma boa maneira de fazer isso, especialmente durante uma apresentação, é grudar os cotovelos no corpo, como se abrisse os braços para abraçar seu interlocutor. Essa postura transmite sinceridade, credibilidade e segurança.
Gestos
Para prender a atenção de quem está ouvindo, utilize movimentos com os braços e as mãos e até os gestuais da mímica, que também facilitam a compreensão das ideias. Um bom exemplo é levantar a mão e contar números com os dedos, como os professores costumam fazer em sala de aula. Evite exageros.
Respiração
É preciso manter a respiração o mais calma e natural possível. Existem várias técnicas para conseguir isso e procure ajuda, se necessário. A respiração controlada, que flui automaticamente, também ajuda a evitar cacoetes de linguagem como “né”, “então”, “hummm”, entre tantos outros.
Espelho
Sem copiar exatamente os mesmos gestos, tente imitar algumas posturas do seu interlocutor. A ideia, aqui, é se inspirar nele e repetir vagamente o mesmo estilo. Esse comportamento gera uma sensação agradável e de identificação.
fonte: http://www.destakjornal.com.br/noticias/carreira-formacao/boa-linguagem-corporal-ajuda-a-obter-sucesso-profissional-314565/

Nenhum comentário:

Postar um comentário