quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Batatas - dicas

  • Quando a geladeira ou o freezer estiverem com cheiro ruím (por exemplo quando falta luz e degela a tendência é ficar com cheiro no interior) pode-se cortar batatas em quatro partes e distribuir dentro deles e deixar fechado por uma noite. O cheiro vai grudar na batata.
  • Na escolha das batatas, cuja cor pode ir do claro ao avermelhado, devem preferir-se as de pele lisa. As batatas com a pele manchada de verde, germinadas, picadas e, evidentemente podres devem ser rejeitadas.
  • Para as batatas ficarem secas e macias quando fritas, coloque-as antes de fritar e já cortadas por cerca de meia hora no congelador.
  • Para salgar as batatas fritas de modo uniforme, coloque-as dentro de um saco de papel com uma porção de sal. Depois sacuda por alguns segundos. Assim, ao mesmo tempo em que as batatas são salgadas elas também ficam mais enxutas.
  • Um purê de batata ficará mais saboroso se acrescentada uma clara batida em neve firme.
  • O purê também fica melhor se colocada uma colher de chá de fermento em pó. Bata bem e leve ao forno por alguns minutos.
  • Não jogue fora as cascas da batata. Lave-as bem, enxugue e frite em óleo quente. Tempere com sal e sirva como aperitivo.
  • O excesso de luz, ou a sua total ausência, propiciam a germinação dos germes das batatas.
    Há portanto que evitar essas circunstâncias no lar.
  • O tipo de cozimento que melhor conserva os nutrientes da batata é o tratamento ao vapor, com pele.
  • As pessoas em idade avançada devem, preferencialmente, consumir batatas em purê.
  • Para as batatas não desmancharem ao cozer, use um pouco de óleo na água.
  • Batatas que forem cozidas e a água escorrida, não devem ficar em panelas tampadas.
  • Para que as batatas não escureçam durante o cozimento, coloque na água algumas gotas de limão ou vinagre.
  • Para as batatas tipo palito ficarem secas por fora e macias por dentro, é importante colocá-las para fritar em óleo morno, aquecendo aos poucos, só mexendo-as na hora quando colocadas para fritar e quando já estiverem quase prontas.
  • Para dar um sabor especial às batatas fritas, salpique-as com tempero verde picado ou queijo ralado assim que tirá-las do fogo.
  • Salgue a batata frita somente na hora de servir.
  • Para retirar o excesso de óleo das batatas depois de fritas, coloque-as sobre papel absorvente.
  • Sempre que possível, cozinhe as batatas com casca para evitar perda de vitaminas.
  • Fure as batatas grandes com um garfo antes de levá-las ao fogo, para que as mesmas cozinhem por igual.
  • Não guarde a batata na geladeira, pois a baixa temperatura transforma o amido em açúcar e a deixa com sabor adocicado.
  • Para evitar que as batatas brotem, mantenha junto delas algumas maçãs, maracujá, abacate, banana, mamão, manga ou tomate. Por serem climatérios, liberam etileno em grande quantidade.
  • Corte as batatas, coloque-as na água com uma colher de álcool e leve-as ao congelador por meia hora antes de fritar.
  • Enxugue as batatas depois de cortadas para que fritem e não grudem.
  • A batata deve ser cozida ou assada com a casca e só retirá-la depois.
  • Batatas descascadas conservam melhor quando cobertas com água e guardadas na geladeira.
  • Como guardar as batatas? Coloque em local fresco, escuro e bem ventilado. Não guardar na geladeira.
  • A sopa ficou salgada? Coloque uma batata crua, ferva e retire a batata.
  • Batatas esverdeadas: para prevenir, proteja-as da incidência de luz e antes de consumir remova a parte verde.
fonte: http://www.abbabatatabrasileira.com.br/alim_dicas.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário