segunda-feira, 4 de junho de 2018

Mineração - ASUS H370 Mining Master pode usar 20 GPUs para mineração

 

ASUS H370 Mining Master pode usar 20 GPUs para mineração



T
A nova placa-mãe da ASUS modelo H370 Mining Master possui suporte para até 20 placas de vídeo, e simplifica a conectividade dessas placas ao permitir que os cabos riser se conectem diretamente à ela. Como essa placa é destinada à mineração, aumentar o número de placas de vídeo suportadas é a melhor maneira de oferecer ao usuário mais poder de mineração.
Cada placa de vídeo pode funcionar com uma conexão USB 3.1 que fica conectada ao barramento PCI Express da placa-mãe. Ou seja, cada placa de vídeo é conectada via cabo riser: a parte USB vai na placa-mãe enquanto a outra ponta do cabo se conecta ao slot PCI para conexão da GPU.

A ASUS já lançou no passado a B250 Mining Expert, placa-mãe também dedicada à mineração. A diferença entre elas é que a mais antiga usa slots PCI Express x1 em vez do USB.
A H370 Mining Master substituiu os slots x1 por PCIe-USB verticais que permitem que os cabos riser se conectem diretamente à placa-mãe. As portas USB verticais da H370 Mining Master são feitas especificamente para riser.
Um sistema de teste da ASUS juntou 12 placas de vídeo Radeon RX 470 e oito placas NVIDIA P104 à H370 Mining Master, aproveitando o máximo de potência e desempenho que a máquina pode oferecer. As placas de vídeo foram montadas em um rack especial construído pelos parceiros ASUS e Cooler Master.

fonte: https://asus.adrenaline.uol.com.br/2018/06/02/55331/asus-h370-mining-master-pode-usar-20-gpus-para-mineracao/

adendo:

Entre outros recursos, o produto suportará até 20 placas gráficas e permitirá que os cabos USB sejam conectados diretamente à placa de circuito para simplificar a conectividade. A empresa também afirma que será mais fácil diagnosticar problemas, reduzindo o tempo de inatividade.
O produto será disponibilizado inicialmente nos países da América do Norte entre julho e setembro deste ano e a Asus ainda não divulgou o preço da nova H370.
Esta não é a primeira placa-mãe de mineração de criptomoeda da Asus. A empresa lançou a placa-mãe B250 em setembro do ano passado com o mesmo propósito, e está disponível na Amazon por US$ 142. A empresa também não é a única fabricante de placas-mãe de mineração de criptomoeda, mas não há outras na concorrência que ofereçam suporte a tantas placas gráficas.
Outras opções populares são Biostar TB250-BTC Pro e Gigabyte GA-H110-D3A, que suportam até seis placas gráficas. A ASRock H110 suporta até 13 placas gráficas e custa mais que o dobro da Asus B250, que oferece suporte a 19 placas gráficas por padrão.
fonte: http://idgnow.com.br/ti-pessoal/2018/06/05/asus-anuncia-placa-mae-para-acelerar-mineracao-de-bitcoins/
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário