sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Lavadora de Roupas Electrolux LTA-15

Testando os Componentes da Lavadora Electrolux LTA-15

Olá Amigos do Blog Niltran.com.
Estou de volta com mais dicas de testes de componentes.
Dessa vez vamos realizar os testes na Lavadora de Roupas Electrolux LTA-15.
Como sempre os testes serão passo a passo para que todos que não possuem o manual de serviços da lavadora possam ter conhecimento e realizar todos os testes da Electrolux LTA-15.
Depois desse post, irei colocar no blog o passo a passo da Desmontagem dos componentes com imagens igual ao artigo anterior.
Ao final desse artigo, você encontrará um link para realizar o download desse artigo em formato PDF para posteriormente imprimir e guardar como referência.
Vamos ao que interessa.

CARTA DE TEMPO:
Carta de tempo
DESCRIÇÃO DAS FUNÇÕES DE LAVAGEM PARA O MODELO LTA15
Rampa 10 (full spray) – Utilizada no enxágüe –  Acelera até 400 rpm em 390 segundos e realiza o full spray. Válvula principal acionada.
Rampa 11 (full spray) – Utilizada no enxágüe do programa “Rápido 25 Minutos” – Acelera até 300 rpm em 145,7 segundos e realiza o full spray. Válvula principal acionada.
Rotina AM (amaciante) – Utilizada no enchimento do enxágue e na entrada do amaciante
Descrição das funções de lavagem Electrolux LTA15
Rampa 12 – Centrifugação para o programa “Rápido 25 Minutos” – Acelera até 760 rpm em 276 segundos.
Rampa 14 – Centrifugação para o programa “Delicados” – Acelera até 500 rpm em 344 segundos.
A válvula de sabão será acionada durante alguns instantes para a limpeza do cesto.
Rampa 15 – Centrifugação normal – Acelera até 760 rpm em 539 segundos.
A válvula de sabão será acionada durante alguns instantes para a limpeza do cesto.
___________________________________________________________________________________
Comutação da válvula eco enxágüe – Toda vez que a válvula auxiliar é acionada, liga e desliga 2 vezes para a retirar o ar do duto eco enxágüe e em seguida permanece ligada.
Proteção contra falha da válvula – Se a lavadora estiver em agitação e o nível for alterado devido a uma falha de válvula de entrada de água, fazendo com que a quantidade de água seja alterada, a agitação é interrompida e a eletrobomba de drenagem é acionada até que o nível seja reduzido; então o produto desliga e o led liga/desliga fica piscando acusando a falha.
Se a entrada de água persistir e atingir o nível novamente, a eletrobomba é acionada até que baixe o nível e o produto desliga novamente. Este processo se repete até que seja solucionado o problema de entrada d’água.
Rotina EC – Utilizada no enchimento
  • Seleção Manual
– Liga a válvula auxiliar e faz o acoplamento.
– Gira o cesto.
– Desliga o motor e a válvula auxiliar; liga a válvula principal.
– Liga a válvula auxiliar, faz o acoplamento e gira o cesto.
– Corta o motor e a válvula principal.
– Desliga a válvula auxiliar e liga a válvula principal.
– Faz o acoplamento.
– Inicia o programa.
Diagrama de funções
Perfis de agitação durante a lavagem:
Perfis de agitação e lavagem
Rotina ACQ – Utilizada no turbo Acqua Jet (ocorre no início da cada etapa de lavagem)
– A lavadora enche até o nível alto ou máximo.
– Faz o acoplamento do motor e trava o bloco porta.
– Gira o cesto, gerando uma cascata.
– Freia o cesto.
– Desliga o bloco porta.
Observações:
Se a lavadora estiver no nível alto e a função Turbo Acqua Jet for selecionada, o nível irá para alto automaticamente.
• Se a lavadora estiver no nível manual e a função Turbo Acqua Jet for selecionada, o nível irá para auto
automaticamente.
Rotina D – Utilizada na drenagem:
Rotina D utilizada na drenagem
Rotina ECOS – Utilizada no eco enxágüe simples
– Alterna a centrifugação com jatos de água da válvula auxiliar, simulando o enxágue normal no tanque.
– Por não realizar o enchimento durante este tipo de enxágüe, o amaciante não é utilizado para evitar manchas.
– Economiza 40% de água em relação ao enxágüe normal.
Rotina ECOD – Utilizada no eco enxágüe duplo
– Igual à rotina ECOS, porém com o dobro e tempo de válvula aberta.
Controle de desbalanceamento
– A lavadora aumenta a velocidade de centrifugação gradualmente até 1000 rpm, conforme o controle de desbalanceamento.
– O controle de desbalanceamento monitora a corrente elétrica consumida pelo motor para saber se a carga está ou não desbalanceada.
2. AUTO-TESTE LAVADORA LTA15
2.1 Condições Iniciais
• O produto deve estar desconectado da tomada elétrica.
• A chave seletora de programa deve estar na posição CALÇA (19).
• A tampa deve estar fechada.
2.2 Seqüência de Entrada
2.2.1 Mantenha pressionada a tecla LIGA/DESLIGA e conecte a lavadora na tomada elétrica. Após 2 segundos o
produto emite um bip e o LED LIGA/DESLIGA começa piscar numa freqüência de 2Hz.
2.2.2 Após 5 segundos, o LED LIGA/DESLIGA muda a freqüência para 5Hz. Nesse momento, a tecla LIGA/
DESLIGA deve ser liberado.
2.2.3  Abra e feche a tampa.
2.2.4  Se a seqüência for correta, o LED LIGA/DESLIGA muda a freqüência para 1Hz, indicando que a máquina está em auto-teste.
2.3 Seqüência de Teste
Cada posição da chave seletora de programas possui o teste de uma carga ou função da lavadora e não existe uma seqüência definida para a realização do teste, conforme tabela abaixo.
Sequência de testes
2.4 Finalização
A qualquer momento o auto-teste será finalizado pressionando-se a tecla LIGA/DESLIGA.
_________________________________________________________________________________
Chave seletora iluminada
Esquema elétrico da chave seletora iluminada
Obs.: no teste do diodo nº 6 pressione a tecla Liga/Desliga.
4. TESTE DE SAÍDA DE CARGA PARA OS COMPONENTES LTA15
Obs.: Esses procedimentos de teste devem ser feitos depois dos testes da chave seletora, certificando-se que a mesma está funcionando corretamente.
PERIGO: CHOQUE ELÉTRICO!!!
DURANTE OS TESTES A SEGUIR A LAVADORA ESTARÁ ENERGIZADA. TENHA CUIDADO COM A
ALTA TENSÃO.
Com o produto energizado na tomada, independentemente da tampa estar fechada ou aberta e do programa selecionado, tem que haver tensão nominal constante nos pontos abaixo:
4.1 Teste de alimentação da placa CN.09
Meça a tensão entre os fios azul (N) e branco (L) do conector CN.09. Se não houver tensão nesses pontos há falha no cabo elétrico/rede elétrica ou tomada de energia.
Teste de alimentação placa CN09
4.2 Teste de saída de tensão para a válvula principal
Com a lavadora na posição de teste da válvula principal (SEDA/LÃ), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para a válvula principalSe não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.3 Teste de saída de tensão para a válvula do amaciante
Com a lavadora na posição de teste da válvula do amaciante (SINTÉTICA), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para a válvula do amacianteSe não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.4 Teste de saída de tensão para a válvula auxiliar
Com a lavadora na posição de teste da válvula auxiliar (ROUPA PRETA), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para a válvula auxiliarSe não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.5 Teste de saída de tensão para o interruptor do bloco porta
Com a lavadora na posição de teste de centrifugação (JEANS), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para o interruptor do bloco portaSe não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.6 Teste de saída de tensão para o motor em agitação
Com a lavadora na posição de teste de agitação (ROUPA DE BEBÊ), deve haver tensão de 0 (zero) VCA até a tensão nominal do produto nos seguintes pontos:

C.N. 02 fios AZUL-LILÁS-MARROM. A tensão é medida entre todos VCA.
Obs.: nestes pontos a tensão é oscilante devido ao funcionamento do motor nos sentidos horário
e anti-horário. Com o multímetro digital a aferição se torna mais difícil, pois a tensão não chega
se estabilizar e muda o sentido, não dando tempo para aferição. Pode ser medido com multímetro analógico.
A tensão oscila de zero volt até a tensão nominal do produto porque o motor funciona por
freqüência.
Teste de saída de tensão para o motor em agitação Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.7 Teste de saída de tensão para a eletrobomba de drenagem
Com a lavadora na posição de teste da eletrobomba de drenagem (ROUPA ÍNTIMA), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para a eletrobomba de drenagem
Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.8 Teste de saída de tensão para o motor em centrifugação
Com a lavadora na posição de teste de centrifugação (JEANS), deve haver tensão de 0 (zero) VCA quando o motor estiver no inicio de rotação até a tensão nominal do produto quando o motor estiver com a rotação determinada do auto teste, nos seguintes pontos:
C.N. 02 fios AZUL-LILÁS-MARROM. A tensão é medida entre todos v.c.a.
Teste de saída de tensão para o motor em centrifugação Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.9 Teste de saída de tensão para o motor do atuador de acoplamento
Com a lavadora na posição de teste agitação/centrifugação (JEANS/ROUPA DE BEBÊ), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para o motor do atuador de acoplamento
Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.10 Teste de saída de tensão para o interruptor interno do atuador de acoplamento
Com a lavadora na posição de teste de agitação/centrifugação (JEANS/ROUPA DE BEBÊ), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Obs: esta tensão vai ser ocilante devido ao atuador de acoplamento estar em movimento.
Teste de saída de tensão para o interruptor interno do atuador de acoplamento Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.11 Teste de saída de tensão para o termoatuador do bloco porta
Com a lavadora na posição de teste do bloco porta (PANO DE LIMPEZA), deve haver tensão nominal nos seguintes pontos:
Teste de saída de tensão para o termoatuador do bloco porta Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.12 Teste de saída de tensão para a placa de interface
Alimentação da placa de interface independente da tampa estar fechada ou aberta e do programa selecionado, deve haver tensão constante no:
Fio preto (GND) e fio vermelho (15 VCC) CN.03.
Fio preto (GND) e fio azul (11 VCC) CN.03.

Teste de saída de tensão para a placa de interface Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
4.13 Teste do interruptor da tampa pela placa de potência
Com a lavadora desenergizada, meça continuidade no:
Teste do interruptor da tampa pela placa de potência Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa eletrônica.
5. DESCRIÇÃO E TESTE DOS PRINCIPAIS COMPONENTES
5.1 BLOCO DA PORTA (INTERRUPTOR DA TAMPA)
O bloco da porta é um dispositivo elétrico composto de um interruptor elétrico mais um termoatuador e está localizado no lado esquerdo inferior do topo, sendo acionado por um acionador fixado na tampa, no lado esquerdo frontal.
O bloco da porta está conectado á placa eletrônica e abre o circuito quando a tampa é aberta, parando o funcionamento da lavadora.
– O dispositivo de segurança garante que a lavadora somente funcione com a tampa fechada. Se durante o processo de agitação a tampa for aberta a lavadora pára. Para continuar o programa basta fechar a tampa.
– Na centrifugação não é possível a abertura da tampa. Por motivo de segurança a tampa permanece travada.
Teste:
Energize os terminais 02 e 03 e, com o multímetro em escala de tensão alternada, meça entre os terminais 02 e 04.
Deve que haver tensão nominal do componente.
Teste bloco da porta
5.2 PRESSOSTATO ELETRÔNICO
Descrição:
É uma placa eletrônica que converte a pressão lida no sensor em um sinal DC (tensão contínua – Vcc), que pode variar entre, aproximadamente, 0,2V a 5V.
5.3 VÁLVULA DE ENTRADA D’ÁGUA
Descrição:
É o dispositivo elétrico que, quando acionado, permite a entrada de água na lavadora. É conectada, externamente à mangueira de entrada de água e internamente à caixa de distribuição.
A válvula possui 03 solenóides que permitem a entrada da água em 03 posições distintas conforme abaixo:
Solenóide 01 – A água entra na canaleta de sabão para lavagem e alvejante (principal).
Solenóide 02 – A água entra por uma mangueira direta até a capa tanque (auxiliar).
Solenóide 03 – A água entra na canaleta de amaciante (amaciante).
Obs.: Durante o full spray da centrifugação somente o solenóide de sabão é acionado.
Válvula desligada:
Conforme a figura a seguir, verifica-se que a agulha pressiona o diafragma através da ação da mola. O diafragma, na sua posição de repouso, não permite a passagem de água. Se a pressão da água for muito grande, haverá a passagem de água, pois a pressão da mola não é suficiente para manter o diafragma fechado.
O filtro tela existe para impedir que algum resíduo fique retido no diafragma. Caso isto aconteça, a válvula irá permitir a passagem da água.
Válvula ligada:
Quando um dos solenóides da válvula é energizado, cria-se um campo magnético que atua na agulha. A agulha é então pressionada contra a mola, que se contrai. A pressão da água é suficiente para empurrar o diafragma, permitindo a passagem da água. Se a pressão da água for muito pequena, mesmo com a mola contraída, o diafragma não permitirá a passagem da água.
Valvula de entrada D'água
Teste:
Verifique a continuidade entre os terminais de cada um dos 2 solenóides. O valor da resistência deve estar dentro dos valores abaixo:
Especificações da válvula
5.4 BOMBA DE DRENAGEM
Descrição:
A bomba de drenagem é do tipo centrífuga e é movida por um motor síncrono monofásico. É formada basicamente pelo rotor, evoluta e hélice.
O rotor consiste de um imã permanente cujo sentido de rotação pode ser tanto horário como anti-horário. Uma característica importante do rotor é que ele pode girar aproximadamente ¼ de volta sem movimentar a hélice. Por isso, se a bomba travar devido a um objeto estranho, o rotor deve executar pequenos movimentos horários e anti-horários até destravá-lo.
Teste:
a. Verifique a continuidade entre os terminais da bomba de drenagem. O valor da resistência deve estar entre os valores descritos na tabela abaixo.
b. Com um pouco de água na lavadora e com a bomba no local, verifique se ocorre a drenagem quando a bomba é diretamente energizada.
Especificações da bomba de drenagem
5.5 MOTOR
Descrição:
É um motor tipo PMM (motor magnético permanente) com 3 bobinas internas. Acelera e desacelera conforme a duração e a freqüência de pulsos de correntes enviados pela placa eletrônica; por este motivo o motor é bivolt.
Seu rotor é constituído de imãs permanentes.
Especificações do Motor
5.6 PLACA ELETRÔNICA
A placa eletrônica é responsável pelo acionamento de todos os componentes elétricos na lavadora.
Placas LTA15
Placa de Potência 127V / 60Hz Código – Electrolux: 64800259
Placa de Potência 220V / 60Hz Código – Electrolux: 64800627
Placa Eletrônica de Interface de Nível –  Código Electrolux: 64800263
Placa de Interface Avança Etapa –  Código Electrolux: 64800260
Particularidades de funcionamento:
        • Se a chave seletora (CSI) for operada pelo Consumidor com a lavadora em funcionamento, o ciclo de lavagem será interrompido. Após 5 segundos a lavadora voltará a funcionar conforme a nova seleção de programa.
Placa eletrônica
Conectores da placa:
A placa eletrônica possui 5 conectores dividos em:
C.N.09 – Através deste conector a placa eletrônica recebe alimentação da fonte (tomada), redistribuindo para os demais componentes.
C.N.05 – Através deste conector a placa eletrônica aciona as cargas da válvulas do amaciante, atuador de acoplamento,interruptor do atuador do acoplamento, interruptor do bloco porta, termoatuador do bloco porta.
C.N.08 – Através deste conector a placa eletrônica aciona as cargas da válvulas principal, válvula auxiliar, eletrobomba de drenagem.
C.N.02 – Através deste conector a placa eletrônica aciona o motor emitindo tensão variável de zero a tensão nominal do produto, devido à mudança de freqüência.
C.N.03 – Através deste conector a placa eletrônica emite saída de tensão para a placa de interface.
C.N.11 – Através deste conector a placa eletrônica recebe o sinal interruptor da tampa (tampa fechada/aberta).
C.N.01 – Este conector é utilizado somente pelo fabricante para gravar o programa de funcionamento da lavadora.
5.7 ATUADOR DE ACOPLAMENTO
Energizando os terminais 1 e 3 pode-se verificar se o motor do atuador está funcionando.
Atuador de acoplamento
5.8 PLACA DE INTERFACE AVANÇA ETAPA
Alimentação da placa de interface independente da tampa estar fechada ou aberta e do programa selecionado, deve haver tensão constante de 5vcc nos conectores.
Placa de interface avança etapa • Se não houver tensão nestes pontos há falha na placa de interface.
5.9PLACA DE INTERFACE DE NÍVEL
Alimentação da placa de nível independente da tampa estar fechada ou aberta e do programa selecionado, deve haver tensão constante de 5vcc no conector.
Placa de interface de nível
• Se não houver tensão entre GND e +5, falha na placa de interface avança etapa.
• Se não houver tensão entre GND e SIG-LV, falha na placa de nível.

É isso pessoal.
Espero que gostem desse artigo assim como o artigo Testando os componentes da Lavadora Electrolux LTR-15.
Daqui a pouco estarei postando o artigo mostrando como desmontar os componentes da lavadora Electrolux LTA-15.
Download do teste em PDF:
Testando os Componentes da Lavadora Electrolux LTA-15
 
 
fonte: https://niltran.com/testando-os-componentes-da-lavadora-electrolux-lta-15/

Nenhum comentário:

Postar um comentário